terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Chuva

a noite limpa, um cheiro a lavado.
como é bom correr ao final da tarde, após a tareia de chuva das últimas 48 horas.

pisamos a terra batida fofa, a erva lavada, as poças que nos salpicam de água, de vida.
chegamos sujos e lamacentos ao final. vivos. reconfortados connosco mesmos.

como é bom! o céu em tonalidades várias, escuras. a ameaça constante de um novo dilúvio. mas ali nada interessa. durante a corrida todos nos sentimos imunes às agressões da vida. fortalecemo-nos.
também por isso é bom correr. à chuva, ou após a chuva.
ab

2 comentários:

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá Antonio boa noite, muito bom esse seu relato do seu treino na chuva, parabéns pelo treino.
Um abraço,
JORGE
www.jmaratona.blogspot.com

Lénia disse...

Oi António,

Conitnuo a gostar bastante dos seus relatos.

Desejo-lhe muita sorte nesta preparação.

E já agora, sem querer ser indiscreta, onde anda a foto das pernas veteranas mais bonitas?

Hum, hum? :-)

Um abraço.