domingo, 14 de dezembro de 2008

Qual o limite?

qual será o limite? em qualquer desporto, claro está ...
2008 trouxe-nos um furacão de recordes mundiais a vários níveis (só para citar dois exemplos no atletismo: o recorde dos 100m masculinos em pista e o recorde da maratona em berlim).

agora deparo com esta notícia:
100 recordes mundiais em 2008 na natação.
este recorde é verdadeiramente impressionante.



pelas leis da física e da biologia existirá um limite - resta saber qual!

ab

2 comentários:

Joao disse...

Não percebo nada de natação, mas nos jogos olímpicos, aumentaram a profundidade das piscinas, o que fez com que a velocidade dentro de água aumentasse. Creio que tem haver com o retorno que cada movimento dentro de água faz. A profundidade ajuda dissipar-se mais facilmente.
Mas no geral creio que os recordes são batidos por haver mais conhecimentos sobre como treinar melhor, ou isso ou os dopings são cada vez melhores.
Abraços,
João

Carlos Lopes disse...

Meus amigos
O Natal não é a minha Festa. Uma questão semântica, ideológica, religiosa ou pura teimosia. Mas seja qual for a razão não invalida que eu não o use para dizer que ao menos nesta quadra eu me lembrei de ti, de si, do senhor ou da senhora. Não é uma mensagem que vai ao desbarato para todos os meus contactos. Vai mesmo um a um, porque é um a um que eu quero desejar todas as coisas boas que se deseja aos amigos. É um a um que eu abraço os meus amigos e lhes digo:
Bom Natal e Prospero Ano Novo