domingo, 13 de abril de 2008

Semana 18/18 (já depois da Gold) - Tá feita CARAGO!

aviso: este post vai ser longo, pois estou enérgico, cheio de pica, depois de um soninho ligeiro. o efeito de ter treinado bem é que a recuperação será muito mais rápida :-)))

bom: está feita!
terminei a minha 3ª maratona. agradeço do fundo do coração (mas mesmo cá bem do fundo, nada de enganos) a todos os que me apoiaram nesta caminhada, no antes, na prova - no durante e no depois. recebi lindas mensagens de carinho e apoio, e isso vale tudo!

mas como sou um moço sério, vamos aos objectivos anteriormente estabelecidos:
- terminar a maratona (SIM, SIM, SIM, SIM e ... ao sprint - foi de tal forma rápido que o meu querido rodrigo me acompanhou e cortou a meta comigo na boa!!! mas foi um sprint :-)
- terminar a maratona com o prazer com que a vou iniciar (fundamental) (SIM, SIM, SIM)
- gerir bem o meu esforço e impôr-me uma disciplina férrea nessa gestão - não vacilar nem me deslumbrar (crítico) (SIM, SIM, SIM)
- terminar até às 4h15m (NÃO) mas esta tem história:
4h15m54s - gps para uma distância de 42,600m (???)
4h16m22s - polar
??? - marca oficial

foi uma excelente maratona. apliquei bem as aprendizagens. o trabalho foi recompensado - retirei 30 minutos ao meu tempo anterior da 2ª maratona. consegui terminar pela 1ª vez uma maratona sem parar, nem sequer para aliviar (foi mesmo pedro o. :-)! suportei a dor e sabia que não iria parar de correr até à meta. e mais uma vez dei-me todo; sinto-me recompensado, trabalhei, consegui e estou feliz! e é claro que a seu tempo voltarei às maratonas.

antes, um stresse - os "gels" haviam ficado em casa. restava meia hora. com muito amor lá foi a cristina com os catraios dar mais uma volta e ainda conseguiu, parada pela polícia num semáforo, passar-mos para a mão e assistir à partida.
estava quente em lisboa - 2º factor de stresse para mim (não lido bem com o calor, a não ser na praia ou nas sestas). demorei 3 quilómetros a regular o ritmo. mas lá consegui. o calor ia produzindo efeito, fazendo algum dano, mas andei os 1ºs 10 km a 5m37s, perfeitamente dentro do treinado. o cardio ia ligeiramente alto para o que é habitual. chegados à praça do comércio, vento de frente, no sentido cascais-lisboa. pelo cardio e pelo ritmo percebi que me devia resguadar e aos 20km passei com 1h54, para 2h01 pela meia.
a 2ª metade apesar do vento pelas costas não deixou de ser penosa.

mas mentalmente estava forte (até pareço um gajo todo xpto ... :-).
não vacilei, nem quando percebi que o ritmo ia a decair. foi sempre a bombar, ainda ultrapassei alguns atletas (imaginem, eu o tartaruga a ultrapassar, isto é quase surreal), a GRANDE analice, que vinha a sofrer por alturas dos 34km (saúde companheira) e tive a companhia do tiago (um jovem de 26 anos, cheio de pica, que começou a correr em outubro, fez a corrida do tejo, mais 2 meias e os 20 km de cascais e hoje ia fazer um longo de 30km. acabou a sua 1ª maratona :-) - mas teve que levar com o meu sprint no último quilómetro ... :-)
abraço tiago e obrigado pela companhia, partilha e incentivo. não te esqueças do que te disse: continua que com a minha idade serás um sub-3h (e tenho a certeza de que a canja da avó estava maravilhosa). ainda tempo para ouvir, na subida a seguir a santa apolónia, um companheiro dizer que domingo passado tinha feito a maratona de paris. ali estava ele, a sofrer, mas terminou 50 metros à minha frente. ganda maluco, disse-lhe logo eu no fim da subida, quando consegui articular uma palavrita.

vamos já às lições aprendidas:
- esta coisa das provas para as quais me sinto muito bem preparado gera-me stresse e tenho que aprender a lidar com isso. o treino dos 35 km (sim o gps pode estar marado e pode ter sido um pouco menos ..., tenho que validar) correu muito melhor e mesmo com os últimos 7 km (entre os 35 e os 42) a 6m/km teria feito sub-4h. um ponto a melhorar, este é o efeito mamede ou paula radcliffe, tenho que me inscrever na maratonas e pensar que vou treinar ! talve possa pagar menos, eheheh!. até porque a prova é tão longa que os efeitos fisiológicos da ansiedade acrescida deixam marca.
- estava calor e foi de tarde, e foram mais 2 factores de stresse por moi.
e "po...a" se não hei-de hei-de arranjar uma maratona para 2009 (este ano penso já não fazer maratonas, há outros desafios ... tcham tcham tcham!!! brevemente!) que seja de manhã, num local onde esteja frio (dou-me bem com os 10 ou 11 graus) e onde possa recriar o meu processo de treino, que correu muito bem e que me deixou em muito boa forma - vão ver, a recuperação até vai surpreender (o andré acaba de tossir e já consegui subir 2 degraus do beliche - em outubro passado nem no dia seguinte ...).
- já estou melhor na gestão dos ritmos. hoje foi quase, quase perfeito. faltou o quase, mas chegaremos lá.
- geri bem os "gels" e levei o cinto com powerade que deu um jeitão. as águas fresquinhas também ajudaram sempre muito, em cada abastecimento.
- tenho que calibrar o gps ou então não o levar. embora as marcas quilométricas fossem manhosas até aos 12 km, quase só se via de 5 em 5, o resto estava marcado no chão!

brevemente sairá um post com a descrição e percepção do que foi a maratona, sob outros ângulos.

agradecimentos:
- ao gafe. a todos os que estão em londres, aos que ficaram em lisboa e arredores. sou imensamente mais rico por vos ter para partilhar bons e menos bons momentos. aos londrinos: uma ganda maratona, daqui a pouco, lembrem-se que é única. tentarei assitir no eurosport 2.
- a todos os que me apoiaram, presencialmente, ausencialmente, fosse qual fosse o meio e canal de comunicação. a vossa força ajudou-me muito ao longo do caminho.
- aos companheiros de prova, que me incentivaram e que me ajudaram a chegar ao fim da forma como cheguei, cheio de dores, mas mentalmente superado. começo a ser um maratonista mais experiente e isso é fruto de todo o trabalho, o que me dá imenso prazer.
- aos membros da organização que sempre apoiaram em cada abastecimento, na viragem, em cada ponto de controlo - gostei! até me queriam tirar o chip no final, mas orgulhosamente maratonista, achei que um homem que não consegue tirar o seu chip, não merece terminar uma maratona :-) (brincadeirinha)
- ao rodrigo silva, que ainda se virou quando o chamei, estava a treinar - gosto de ti pá! és fixe! tenho saudades do teu blogue, mas quero ver se agora nas provas "normais" te vou vendo e batendo uns papos.
- ao antónio almeida - companheiro de corrida, de blogosfera e que me presenteou com uma surpresa perto dos 42 km: lá estava a incentivar-me. falámos no final e adorei conhecer-te antónio. um must. és um fora de série. não tem preço, nem algoritmo, o gesto com que me brindaste hoje. OBRIGADO!
- à cristina, rodrigo e andré - não vale a pena tentar pôr em palavras o que representam para mim. é muito "buzzlightear infinito e mais além", só que muito, muito, muito, mais além!!! em cada metro tenho a vossa vida e o que dão à minha, como incentivo! e agradeço tanto por isso!
OBRIGADO!

até breve e mais uma vez - OBRIGADO!!!
ab

12 comentários:

Nuno disse...

Muitos Parabéns Antonio, o seu objectivo foi concretizado. Ainda andei lá na partida a ver se o via, mas estava mais preocupado com a minha situação,diga-se a verdade. Quando aquecia as dores não passavam, ainda tentei mas não deu...
Parabéns mais uma vez e força para a 4 maratona.
1 ab

Luis Correia disse...

Eu sabia que irias terminar em grande!

Mesmo não tendo estado presente, disse várias vezes que tinha amigos a maratonar, uns em Londres e outro em Lisboa, e que a "força estava com eles"

Um abraço forte e boa recuperação.

Pedro Alves disse...

... Falhei a tua chegada por 15 minutos... foi por pouco.. tenho a melhor das desculpas.... vinha de longe.
Boa recuperação

André Vila Alves disse...

PARABÉNS ANTÓNIO!!!!!

À Hora da prova lembrei-me de si.
Também ando a matutar na minha primeira aventura "maratonística" as suas crónicas são sempre uma inspiração. A tartaruga vai longe. Um abraço.

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Muitos Parabéns António Bento!

Eu sabia que ia ser assim! (não que tenha a mania de antever situações ou fazer adivinhação) mas sim por todo o trabalho e amor que o António aqui mostrou ao longo da sua preparação para esta maratona.

Claro que há sempre imprevistos e numa maratona, eles poderão ser mais que muitos, mas correu bem! Muitos Parabéns outra vez!

E não me diga que vai à Geira dia 1 de Junho ? Grande António!

Um beijinho e uma boa e rápida recuperação
Ana Pereira

mafavisi disse...

Já estava em stress por não ter escrito aqui no blog. Parabéns!!! Grand e "bicho dos diabos" eu sabia que ía correr tudo bem,mas quero saber tempos caraças e a história toda só assim é que me motiva e fica aqui o bichinho da corrida, gosto de relatos sobre as corridas. Vá rapido amigo, lol tou mesmo tola hoje.
Grande Final(que inveja, falta-me tanto para isso)
Beijoca grande
Fátima

Nuno disse...

Antonio,
apenas te posso dizer: fabuloso!
É disto que a corrida trata. Deste sentimento de prazer em treinar para um objectivo, enfrenta-lo, e concretiza-lo.
Isto a corrida no seu melhor
PARABENS!.
um dia temos de ir combinar um treino, pois costumo ao domingo andar pelos mesmos lados que tu.
Força amigo!!

Nuno

António Almeida disse...

António

mais uma vez os meus parabéns, pelo dia de ontem mas também pelo caminho que vens fazendo desde há muito...
Parabéns também pela família linda que tens, adorei conhecer-vos a todos.
Um abraço e uma boa recuperação.

Anónimo disse...

Grande atleta! corrijo, maratonista! que é algo mais que atleta, pois exige (e tu tens) uma forte determinação, além de outras coisas, claro.
Muitos Parabéns!!!

César

PS: É agora a vez do triatlo? :)

Tiago Martins disse...

Obrigado por tudo, António.

Se não fosse a tua companhia na 2ª metade da prova, não a teria terminado.
Eu já estava completamente nas lonas antes do km 30, que era o meu único objectivo sério, e que decididamente queria cumprir.

Penso que há duas formas de fazer a maratona:
1. Com treino sério e apropriado.
2. Com entusiasmo e boa companhia.

Basicamente, ou se sofre antes da corrida, ou se sofre durante a corrida.
Ao optar continuar convosco, eu sabia que ia seguir por esta ultima via.

Todos vocês que me acompanharam, na verdade, fizeram a corrida por mim. Eu só corri mesmo 30 km, o resto foram vocês, literalmente.
Isso do atletismo ser um desporto individual tem muito que se lhe diga!

Obrigado também pelo incentivo, quem sabe se algum dia chegarei a fazer a maratona em menos de 3 horas... é que actualmente fazê-la em menos de 4 já parece um sonho! lol :D

José Capela disse...

Caro, António...

Muitos parabéns pela sua prova.

E para não quebrar esse saudável entusiasmo o melhor mesmo é agendar já a próxima.

Abraço

José Capela

o Editor disse...

em 2008 ja teremos o tartaruga tri-atleta?