quarta-feira, 13 de junho de 2007

O velho, o andarilho e a corrida





ajudas.com - o seu portal sobre reabilitação e ajudas técnicas


normalmente é ao sábado. saio de casa cedo, desço até ao jamor. por alturas do portão do lado de cima do ténis ele aparece.
é velho. ou melhor, aparenta ser. mas não consigo perceber a idade. tem uma barba longa e amarelada. tem também muito cabelo. o olhar é, ora perdido, ora achado. já nos cruzámos algumas vezes. cumprimento-o sempre, por vezes sou retribuido.
penso que depende da disponibilidade respiratória.

o velho que parece velho mas que pode não ser velho - pode ser apenas mais marcado pelos dias - passa no seu passo, agarrado ao andarilho. normalmente resmunga. com a vida, talvez.

cada um de nós segue a sua corrida. a minha, normalmente nesse local e a essa hora, é vagarosa. a dele mais vagarosa, mais penosa, mas igualmente decidida e convicta.
a verdade é que também arranjamos força para as nossas corridas ao olhar como exemplo as corridas de todos os outros, sejam a pé, sejam de andarilho, sejam as do prazer, sejam as da vida.

abraço

ab

3 comentários:

TPD disse...

Um exemplo que mostra que a força de vontade, a perseverança são as melhores companheiras para conseguir aquilo que para muitos parece estranho, difícil de concretizar!
bjs
TD

Anónimo disse...

Resolvi dar uma espreitadela aqui... está muito animado, acho que vou voltar mais vezes!!
Gostei da crónica de ontem... é poético-sádica... mesmo o meu género!!
Paula

António Bento disse...

paula: volta volta que estás perdoada! ;-)
tpd: obg.

bjs grandes para as duas.
ab