domingo, 19 de fevereiro de 2012

5 km de Cascais



em 1º lugar votos de um excelente 2012 – ou do que dele falta, para todos! :)
já aqui não venho há cerca de 3 meses e portanto ainda é devido este voto.
voltei, e para relatar o regresso às corridas de estrada.

17 meses depois, entre setembro de 2010 em cascais nos 10km do destak e hoje, nos 5 km de cascais, a chamada rapidinha. uma corrida muito especial.
os machos cá de casa estavam todos inscritos. o rodrigo lesionou-se na 6ªf, deitando um joelho abaixo. sobravam 2. a expectativa era grande. de manhã acordámos e com o sol resplandecente, percebi que tínhamos que nos apressar para ainda levantar dorsais, pois tinha lido na véspera que talvez até nem estivessem a distribuir …!


lá fomos, cerca de 20m de trajeto até cascais, onde na autoestrada nos cruzámos com vários carros que não enganavam, todos a caminho da tradicional corrida de cascais.
sentia o andré algo expectante, pois era a sua estreia em corridas com o pai.
chegados ao mercado lá fomos levantar o dorsal e tudo correu bem, mas já com o aviso de que para o ano só na véspera :( (perguntava-me silenciosamente, como será então com quem vem de longe no dia da prova???).


entre a fase de equipar, prender o dorsal e aguardar um pouco dentro do carro, tivemos tempo para, cúmplices, desfrutar o sol quente a banhar-nos de frente e a convidar a uma ligeiro fechar encostados aos bancos.


arrancámos a trote para ir aquecendo e o andré ia acelerado, tendo-lhe sugerido que o ritmo devia ser mais de trote e menos de galope, pois era exatamente para aquecer e apenas isso. tentei ver alguém conhecido, mas a malta profissional dos 20 km já devia estar alinhada lá mais à frente. juntamo-nos à massa junto do 2º pórtico, o que dizia meta e o ambiente era engraçado, com mascarados e troca de piropos mas, sobretudo, sem aquela adrenalina do cronómetro e da ansiedade da “prova”.


dada a partida dos 20 km ficámos a admirar o bonito espetáculo das cores a serpentear subida acima até ao quartel e a fazerem a curva, dos milhares de atletas que se afoitaram na corrida maior. passados uns minutos o presidente da câmara de cascais lá foi tocar a buzina e começámos devagarinho, meio a caminhar, meio a andar.


correu muito bem a 1ª subida, o andré ia satisfeito e lá seguimos até à boca do inferno, onde o atlântico nos esperava, imponente e apetecível.
na subida até à viragem, cerca dos 2,5km, fomos passando algumas pessoas que caminhavam já fatigadas pelo arrancar mais rápido e inexperiente. o andré seguia confortável e eu ia nas não 7 mas 7000 quintas, muito satisfeito, no ritmo do deleite.
os carros esperavam nos cruzamentos que a massa passasse, curiosamente sem grandes buzinadelas e com um ar bastante sereno, e lá ao longe seguiam, já numa outra dimensão, os 1ºs dos 20km, sempre a abrir.


cerca dos 3,5 km o andré pediu-me para abrandar um pouco o ritmo e seguimos até à descida do antigo cinema oxford, onde retomou o andamento anterior, já mais descansado.
até à chegada foi um pulinho, sempre acompanhados por pessoas de várias idades, motivações e andamentos, numa excelente “onda”, muito calma e serena, sem stresse e a desfrutar totalmente do momento. afinal ser tartaruga é para desfrutar com a respiração calma e sem estar ofegante, “para poder ver melhor”, como lobo mau! :)


terminámos com cerca de 30 minutos (a corrida não tinha 5 km …) e correu muito bem.
foi talvez a corrida que mais prazer me deu, pelo baixo ritmo (penso que reencontrei o ritmo onde gosto de fato de correr) mas sobretudo, e totalmente, pela companhia do andré, de 12 anos, que creio ficou também muito satisfeito por ter corrido sempre a meu lado.
penso sobretudo que lhe ficou o apetite para corremos mais vezes, nesta forma também bastante cúmplice de partilha entre pai e filho.


a caminho do carro para o regresso a casa, ainda vimos quase na chegada a sandra, a mãe dos meus sobrinhos, e foi uma festa, que talvez até possa continuar num próxima corrida, em que a faremos, quem sabe, todos juntos.
uma bela manhã, um belo dia, e para o ano, nos 5 ou nos 20, poderei ter novamente companhia, mas alargada aos 2 rapazes e eventualmente até a rita já estará a participar ...

resto de um bom fim-de-semana e de período carnavalesco, é ótimo regressar aqui a este espaço e assim arranje atividade que o justifique – farei por isso.
antónio

4 comentários:

Zen disse...

Parabéns António

Pelo regresso do grande tartaruga, agora com "reforços".

Que da próxima vez a equipa esteja sem lesões, porque a vontade sobra!

Abraço

Lénia disse...

Welcome back!
Bjo,
Lénia

Anónimo disse...

Bem vindo, Cascais sempre na tua rota, bom sempre voltar a casa.
Abraço,
António Almeida

Gustavo disse...

Ola estou começando com a corrida na minha vida .. seguindo seu blog ..
http://gustavo-bodyperfect.blogspot.com.br/