sexta-feira, 16 de maio de 2008

Desafio adiado

bom, directo ao assunto: não vou terminar o triatlo de oeiras.
não tenho treinado o suficiente e é hora de me portar como um tipo com cabeça (tem dias ... poucos!).
aprendi nas últimas semanas que é muito mais difícil treinar para um triatlo, mesmo o primeiro e "sprint", do que para uma maratona.

para correr apenas preciso de ter o equipamento à mão e ... pronto. já está! qualquer aberta dá para sair a correr.
para pedalar - preciso de uma bicicleta e de mais tempo, para nadar de uma psicina.
e tem sido difícil, com horários algo desajustados.

ou então ... é tudo uma questão de motivação, deixa-te de tretas que se desejasses mesmo, lá estarias!

treinos apenas ao fim de semana.
assim, sem contemplações: não vou!
haverá mais triatlos.

continuo a fazer exercicio (nesta fase não posso chamar treino). tento duas ou três vezes por semana. ainda tentarei ir a uma ou outra corrida, antes de julho.
aí será mesmo descanso activo (afinal como agora), para depois redefinir objectivos.

obrigado, sempre obrigado aos apoios e palavras amigas, e em especial ao luis pela oferta da bike.
a estreia fica adiada mas não esquecida.
abraço
até breve
ab

4 comentários:

Luis Correia disse...

amigo, cá estamos sempre ao teu lado para ajudar à motivação e para dar 'aquela' forcinha :)

continuação dos treinos (e eu bem que preciso de exercicio), há que não desmorecer...

forte abraço!

Pedro Alves disse...

Decisão difícil... certamente.
É verdade que a motivação não nos faz correr, mas sim as pernas!
Quando os astros não se alinham, olhamos mais para frente com a calma que a experiência traz.
Certamente teremos triatleta num futuro próximo.
Boas corridas

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

"Desafio" é quando um homem quiser!

Já basta os outros que se nos atravessam no caminho e que somos obrigados a vencer (ou a ser vencidos)!

Com isto, quero dizer que a Vontade é que conta! A nossa, de preferência. Claro que o António sabe isso.

Mas... agora só Julho? Li bem? Nem Corrida das Fogueiras, nem nada?

Olhe que se olhar com atenção o calendário vai encontrar por aí uns desafiozinhos engraçados.

Um beijinho António, e força em todos os desafios

Ana Pereira

Pedro Marques disse...

força para o triatlo! abraços de saudades do pedro miguel do fora de cena, queor ver-te na estreia do gengis entre os pigmeus amigo!